Últimas Notícias do Brasil e do Mundo - Notícias Online - Notícias de Hoje - Notícias de Última Hora - Site de Notícias

Notícias | Visite... Mais de 40 migrantes foram atraídos por falsa promessa de estudos e residência permanente. Salário, porém, não chegava a 50 dólares canadenses. Um grupo de 43 mexicanos foi libertado no Canadá após terem sido obrigados a trabalhar de forma quase gratuita em hotéis, como "escravos modernos", informou a polícia nesta segunda-feira (11). Os trabalhadores, em sua maioria homens, tinham sido atraídos ao Canadá por traficantes que, em troca de uma grande soma de dinheiro, prometeram que poderiam estudar lá e obter vistos de trabalho e status de residência permanente. Porém, ao chegar em solo canadense, os trabalhadores ficaram alojados em condições degradantes em cidades do centro e do leste da província de Ontário. Eles foram obrigados a trabalhar em hotéis da região, explicou a polícia em coletiva de imprensa. Os dois diretores de uma empresa de limpeza em Barrie, Ontário, estão sob investigação. Ambos trabalhavam com hotéis da região. Ninguém foi preso, entretanto. A polícia busca mais suspeitos e deve dar mais informações nos próximos dias. "O tráfico de seres humanos é uma forma moderna de escravidão", explicou à imprensa o delegado adjunto Rick Barnum. Como era o trabalho? Os trabalhadores precisavam arcar com os custos de hospedagem, comida e transporte para os locais de trabalho. Os salários, porém, não chegavam a 50 dólares canadenses por mês – cerca de R$ 140, valor insuficiente para arcar com todos os custos. "É impensável que isto tenha ocorrido em nossa comunidade", acrescentou o chefe da polícia de Barrie, Kimberley Greenwood. Após uma investigação que mobilizou cerca de 250 agentes, os mexicanos recuperaram a liberdade na semana passada. De acordo com Barnum, uma das vítimas disse à polícia: "Ontem fui dormir como um escravo, e esta manhã me levanto como um homem livre". Todos os trabalhadores estavam no Canadá em situação regular, informou a polícia. Após a libertação, eles receberam novas ofertas de emprego e conseguiram ser realojados na área de Barrie.